Por Edmar Assis e Danilo Moraes. Tecnologia do Blogger.

Classificação

Artilharia

Postado por : Jorge Lima 16/07/2014

O Belga José Riga pode estar de saída, 5 semanas após ter assumido o time

A temporada 2014/15 só começa pra valer em agosto. Mas já tem time passando por crise. O Blackpool, que por pouco não foi rebaixado para a League One na temporada passada, parece ter começado os preparativos para a próxima temporada de modo preocupante.

Pra começar,  um verdadeiro êxodo. Entre dispensados, negociados e Free Agents, cerca de 27 jogadores saíram do clube rumo a outros destinos. Isso não deveria um problema, já que essa é a tendência em fim de temporada. Mas isso vira um problemão quando sobram apenas 8 jogadores no elenco principal sob contrato. Isso mesmo. No momento, o Blackpool conta somente com OITO jogadores! Os "sobreviventes" são os defensores Gary MacKenzie, Tony McMahon e Chris Dunne, o meio campo David Perkins e os atacantes Steven Davies, Bobby Grant, Sergei Zenjov e Tom Barkuizen. Tal situação forçou o Blackpool a cancelar uma viagem que faria à Espanha para um período de treinos e 2 amistosos. A alegação é que a comissão técnica prefere aproveitar esse período para focar em contratações.



E eis que, pra piorar a situação, o canal ITV Sports divulgou que o técnico José Riga pode deixar o comando do clube, apenas um mês (5 semanas, pra ser exato) após ter assumido os Tangerines. O motivo seria justamente a inoperância do presidente do clube, Karl Oyston, em conseguir reforços. Principalmente os escolhidos pelo treinador. Mais combustível pra cada vez mais impaciente torcida, que vem cobrando mais investimento no time. Principalmente por conta dos quase £50M recebidos pelo acesso pra Premier League e dos "Parachute Payments" nesses últimos 3 anos. Montante pouco investido em reforços.

Oyston, por ora, tenta tranquilizar todo mundo. Se mantém otimista. alega que a dificuldade em contratar é normal, mas que segue trabalhando pra trazer novos jogadores e que montará um time competitivo nessa temporada. Não há problemas, não há crise, não há nada. Agora resta saber se esse trabalho de reconstrução será feito a tempo da estréia contra o Nottingham Forest, em 24 dias. Por enquanto, a tendência é de mais sofrimento para os torcedores.

Home ---------------------- Política de Privacidade ---------------------------------------------------------------------------------------------------- Championship Brasil 2019. Todos os direitos reservados ------- Designed by Edmar Assis