Classificação

Por Edmar Assis e Danilo Moraes. Tecnologia do Blogger.

Artilharia

Postado por : Jorge Lima 21/07/2014




Nome
: Cardiff City Football Club
Apelido: Bluebirds
Presidente: Mehmet Dalman
Estádio: Cardiff City Stadium
Técnico: Ole Gunnar Solskjaer
Última temporada: 20º (Premier League)

Chegadas: Guido Burgstaller (Rapid Vienna, free), Adam Le Fondre (Reading, £1m), Javi Guerra (Valladollid, free), Federico Macheda (Man Utd, free), Kagisho Dikgacoi (Crystal Palace, free), Charlie Horton (Peterborough, free)

Dispensas: Andrew Taylor (Wigan, free), Craig Bellamy (aposentadoria), Don Cowie (Wigan, free), Ben Nugent (Yeovil, empréstimo), Kevin McNaughton (Bolton, empréstimo) Luke Culson, Ronnie Hawkins, Simon Lappin e Tommy Smith (dispensados)

A expectativa era alta para a temporada 13/14. Alto investimento em contratações, primeira participação na Premier League, investimento alto em contratações. Com tudo isso, a expectativa era no mínimo permanecer sem sustos na primeira divisão, com projeção no top-10. Mas erros de comando, de desmando e outras coisas, causados em sua maioria pelo excêntrico e prepotente dono do clube, Vincent Tan, o trem do Cardiff descarrilhou totalmente, culminando na última posição e o retorno imediato à Championship. Castigo inesperado para a torcida, mas totalmente merecido ao seu dono.


Para o recomeço, o Cardiff manteve o técnico Solskjaer, que substituiu Malky Mackay durante a última temporada. E os Bluebirds não perderam tempo e já fecharam algumas contratações, em sua maioria para o setor de ataque. Adam Le Fondre chega com fama de artilheiro no Reading, junto com os atacantes Javi Guerra e Federico Macheda, que foi treinado por Solksjaer nos reserves do Man Utd. O meio campo Guido Burgstaller chega do Rapid Vienna bem recomendado. As saídas não foram tão impactantes ainda, mas podem ser. Gary Medel tem propostas de times da Itália, Steven Caulker e Frazier Campbell negociam com o Crystal Palace e o ótimo goleiro David Marshall já foi sondado por times da Premier League.

O Cardiff conta com um ótimo elenco para os padrões da Championship. E com o aporte financeiro de Vincent Tan e outras contratações que estão por vir,  os Bluebirds entram entra nessa temporada para brigar pelo título e consequentemente, pelo acesso. Mas principalmente, o Cardiff entra nessa temporada lutará para não voltar a ser o time do "quase" que foi nas ultimas temporadas, com eliminações em playoffs e perdas de posições na reta final

Provável time base: Marshall; Theóphile-Catherine, Cala, Turner, Fábio; Kim, Mutch, Whittingham, Daehli; Gunnarsson, Le Fondre

Home ---------------------- Política de Privacidade ---------------------------------------------------------------------------------------------------- Championship Brasil 2018. Todos os direitos reservados ------- Designed by Edmar Assis