Por Edmar Assis e Danilo Moraes. Tecnologia do Blogger.

Classificação

Artilharia

Postado por : Torcedor Brasiliense 21/08/2014


Nesta quarta-feira tivemos o fechamento da terceira rodada da nossa querida Championship. Em partida isolada, o Fulham recebeu o Wolverhampton em busca de sua reabilitação no campeonato. Afinal, os londrinos entraram em campo sem sequer ter pontuado na competição. Os visitantes já haviam vencido na estréia, mas vinham de derrota para o Rotherham, fora de casa. Querendo fazer gordura no começo, o Wolves foi um visitante indigesto.

Logo aos 15 minutos, em uma linda jogada ensaiada, Goulbourne cobrou escanteio, Evans fez o corta luz e a bola sobrou limpa para o atacante Sako bater forte. 1 a 0 para os visitantes. Após o gol, o Fulham se perdeu em campo e não conseguiu criar reais oportunidades. A equipe da casa só voltou a ser perigosa no segundo tempo, quando Felix Magath mexeu. Fotheringham deu lugar a Dembele e foi dele a primeira grande chance do Fulham. Após boa jogada individual de McCormack, Dembele recebeu na entrada da área e bateu forte. Ikeme voou no canto direito e pegou, para desespero da torcida em Craven Cottage.
Mais tarde, o Fulham voltou a assustar com McCormack. Roberts tentou jogada individual, mas foi desarmado na meia lua. A bola sobrou para o atacante escocês, que bateu por cima do gol do Wolverhampton.

Se segurando como podia, o Wolverhampton jogava por uma bola. Evans quase marcou contra, quando McCormack cobrou falta pra dentro da área. O zagueirão tentou cortar e a bola passou próxima da trave esquerda de Ikeme. De tanto insistir, o Fulham se lançou ao ataque e deu o espaço que o Wolvehampton tanto esperava para matar o jogo. Uma bola perdida no campo de ataque iniciou um contra-ataque mortal. Dicko recebeu e, com toda sua experiencia, foi pra cima do jovem Burgess. O atacante adiantou a bola e parecia que não ia conseguir chegar nela. Porém, a imaturidade do defensor do Fulham não só permitiu a chegada de Dicko, como ainda fez com que ele tentasse um desarme de carrinho dentro da área. Carrinho na área quase sempre é penalti e dessa vez não foi diferente. O prejuízo para o Fulham só nao foi maior porque Joronen defendeu a cobrança de Sako, desviando levemente a bola que ainda tocou a trave antes do mesmo Burgess afastar.

Mesmo com apenas 1 a 0 para os visitantes, era tarde demais para o Fulham tentar uma reação e o jogo terminou mesmo com vitória do Wolverhampton. O resultado afunda os londrinos, que estão na vice-lanterna da competição, a frente apenas do bagunçado Blackpool. Já o Wolverhampton respira e chega a seis pontos em três jogos, colado na liderança. As duas equipes voltam a campo no sábado e enfrentam adversários duríssimos. O Fulham visita o Derby County, enquanto o Wolverhampton recebe a forte equipe do Cardiff.

Home ---------------------- Política de Privacidade ---------------------------------------------------------------------------------------------------- Championship Brasil 2019. Todos os direitos reservados ------- Designed by Edmar Assis