Por Edmar Assis e Danilo Moraes. Tecnologia do Blogger.

Classificação

Artilharia

Postado por : Edmar Assis 16/08/2014


Começou mal a era Sami Hyypia no Brighton. Após uma inesperada derrota em casa na estreia, o time foi até o St. Andrews Stadium, e mais uma vez saiu derrotado. Com um gol de Wes Thomas, o Birmingham venceu os Seagulls por 1-0, deixando o time na 22ª posição, e já lançando dúvidas (prematuras) sobre a capacidade do Brighton de brigar pelo acesso e também do treinador, ídolo do Liverpool, como manager. Já o Birmingham finalmente encerrou uma sequência de dezoito jogos sem vencer em casa, mais de 10 meses (!). 

O Birmingham começou o jogo disposto a acabar com a sequência ruim, e pressionou logo de início, num chute cruzado de Novak e numa cabeçada de Donaldson, ambas que passaram perto do gol de Stockdale. O Brighton só foi dar trabalho depois dos 30 minutos, num chute de O'Grady que o goleiro Randolph defendeu bem. 

Logo após o intervalo, o Birmingham transformou a pressão em gol: Cotterill cruzou da lateral, e Wes Thomas subiu sozinho no meio da zaga pra vencer o goleiro, 1-0. Só depois do gol o Brighton acordou, e quase chegou ao empate numa falta cobrada pelo bom jovem Forster-Carskey, mas o goleiro Randolph espalmou bem. O Brighton ainda pressionou, mas não conseguiu reverter o resultado. Após a tão esperada vitória, o Birmingham sobe pra 16º.

Cardiff vence o Huddersfield com tranquilidade e sobe pra terceiro


Pela primeira vez na temporada o Cardiff jogou em seus domínios, e se impôs. Em Gales, o time contou com dois gols do inspirado Kenwyne Jones, o 3º em dois jogos, pra vencer com tranquilidade o Huddersfield por 3-1. O time sobe pra 3º, e joga os Terriers na crise: em dois jogos, o time sofreu sete gols e está em último com saldo -6. E ainda está sem treinador.

Ole Gunnar Solsjkaer abandonou o 4-3-3 da estreia contra o Blackburn, e viu que deu certo: o Cardiff abriu o placar aos 28 minutos, com o craque Peter Whittingham, num lindo chute da entrada da área, 1-0. 7 minutos depois, o time ampliou com Jones, aproveitando rebote do goleiro Smithies num chutaço de longe de Brayford, 2-0. Nos acréscimos, o Huddersfield ainda demonstrou uma reação com Wallace, após aproveitar bola que sobrou num bate-rebate na área, 2-1.

Mas aos 56', Le Fondre e Whittingham tabelaram bem, Daehli recebeu e tocou para Jones bater na saída do goleiro, belo gol e 3-1 no placar. Jones quase meteu um hat-trick em duas cabeçadas a queima-roupa, mas o goleiro Smithies defendeu. Já no fial, o atacante foi substituído e ovacionado pela torcida, que viu seu time mostrar que é sim forte candidato ao acesso. 



Home ---------------------- Política de Privacidade ---------------------------------------------------------------------------------------------------- Championship Brasil 2019. Todos os direitos reservados ------- Designed by Edmar Assis