Classificação

Por Edmar Assis e Danilo Moraes. Tecnologia do Blogger.

Artilharia

Postado por : Jorge Lima 02/10/2014




Nome: Craven Cottage
Local: Londres
Construção: 1896
Capacidade: 25,700 pessoas
Recorde de público: 49.335


Um dos estádios mais antigos e históricos do Reino Unido, o Craven Cottage é a casa do Fulham desde o longínquo 1896. A sua aparência clássica faz do estádio um dos favoritos do público na Inglaterra. É mais uma obra do Escocês Archibald Leitch, arquiteto responsável por vários estádios do reino Unido.

A história do Craven Cottage remete à muito antes da construção do estádio pra ser mais exato, em 1780, William Craven, o sexto barão de Craven, construiu uma cabana (cottage) meio da floresta e a área próxima foi usada para a prática de esportes, principalmente a caça de raposas. Vários membros da realeza e gente importante teriam se hospedado/morado lá. Mas com o tempo, e após um grande incêndio, a área caiu em desuso e foi abandonada.


Após passar por vários estádios diferentes (12 pra ser exato), o Fulham decidiu finalmente procurar uma casa "própria" e definitiva. o local não parecia apropriado para um campo de futebol, o que atrasou em quase 2 anos a construção.

Em outubro de 1896, o Craven Cottage recebeu o seu primeiro jogo. Fulham e Minerva se enfrentaram pela Middlesex Senior Cup, um dos torneios regionais mais tradicionais da Inglaterra. Na época, o Craven Cottage era conhecido como "a casa do Coelho", já que o estádio parecia uma grande caixa laranja.

Em 1904, a prefeitura de Londres mostrou preocupação com a segurança e tentou interditar o estádio. o problema seguiu até 1905, quando o clube contratou o arquiteto Archibald Leitich, que projetou dois setores. Ao custo de £15.000 (valor recorde na época) foram construídos o pavilhão e o Stevenage Road (rebatizado de Johnny Haynes Stand em 2005, homenagem ao ex-jogador do Fulham).


O primeiro grande evento do Craven Cottage ocorreu em 1907, quando o estádio recebeu um jogo entre as seleções da Inglaterra e de país de Gales. Anos depois, o estádio também recebera um jogo de Rugby entre Inglaterra e Austrália. Mas se pros visitantes era ótimo estar no Craven Cottage, pro dono da casa, nem tanto. O Fulham não vinha fazendo boas campanhas e vinha fracassando no objetivo de subir à rimeira divisão. Foi aí que em 1910, um dos diretores do clube teve uma idéia ousada. Henry Norris e mais um amigo assumiram o Arsenal na época e um dos principais objetivos da dupla era fazer uma fusão entre os dois clubes, formando assim um supertime em Londres e tendo o Craven Cottage como casa. Mas a idéia não foi pra frente.

Com o Fulham ainda sendo só Fulham, em 1933, a direção do clube apresentou um plano de demolir completamente o Craven Cottage e construir um novo estádio para 80.000 pessoas. mas o plano não foi adiante, principalmente, pela grande depressão, a crise econômica que antecedeu a primeira guerra mundial. Em 1938, o Fulham recebeu o seu maior público até hoje. 49,335 pessoas assistiram ao jogo entre os Whites e o Millwall. Tamanho público foi totalmente inesperado, mas a explicação é simples: No mesmo dia, o Chelsea iria jogar no Stamford Bridge. Mas como o jogo foi cancelado, uma grande parte desse público resolveu seguir pro jogo do Fulham.


Em 63, o Craven Cottage foi o palco do Hat-Trick mais rápido da história da Football League. Graham Leggat marcou 3 gols em menos de 3 minutos e ajudou o Fulham a massacrar o Ipswich Town por 10-1. Esse é inclusive a maior vitória da história dos Cottagers.

Com a tragédia de Hillsborough e o relatório Taylor, o Fulham, assim como todos os outros clubes, precisava realizar uma grande reforma no seu estádio para se adequar às novas regras de segurança. O então presidente na época, Jimmy Hill, apresentou um plano de colocar cadeiras em todos os lugares do estádio. mas por uma série de empecilhos, o plano não foi totalmente finalizado. Em 2001, já na Premier League, o estádio não atendia aos requisitos mínimos estipulados pela Premier League. A solução foi mandar os seus jogos no Loftus Road, estádio do QPR. Nesse período, planos para um novo estádio estiveram em pauta. Entretanto, a forte oposição da torcida e os altos custos que a obra geraria, o Fulham decidiu fazer uma reforma completa no Craven Cottage, que ficou pronto em 2004. o Fulham gastou 8 milhões de libras com a reforma. A capacidade do "novo" Craven Cottage agora era para 22.000 pessoas. Tempo depois, a capacidade aumentou para os atuais 25,700



Nos últimos anos, alguns planos foram discutidos para uma nova reforma do estádio. O último deles, em 2012/13, faria a capacidade aumentar para 30,000 pessoas. Um grupo chegou a ser contratado para chefiar o projeto, mas desde 2013 não se fala mais no assunto.

Home ---------------------- Política de Privacidade ---------------------------------------------------------------------------------------------------- Championship Brasil 2019. Todos os direitos reservados ------- Designed by Edmar Assis