Classificação

Por Edmar Assis e Danilo Moraes. Tecnologia do Blogger.

Artilharia

Postado por : Jorge Lima 25/10/2014



Demorou, mas o Wigan finalmente fez as pazes com a vitória. E em grande estilo. Com dois gols de James McClean, os Latics venceram o Derby County de virada por 2-1 no Pride Park e somaram a primeira vitória em 9 jogos. A derrota põe fim a uma invencibilidade de 12 jogos dos Rams

O primeiro tempo quase que despercebido pela pouca inspiração dos dois times. Pra se ter uma idéia, até os 40 minutos, o lance que mais chamou a atenção foi o choque (não intencional) de Johnny Russell com o técnico Uwe Rosler, que acabou sendo derrubado. Mas nos acréscimos da primeira etapa, o jogo engrenou, e de um jeito inesperado.

Craig Bryson tocou a bola com a mão dentro da área. E apesar dos jogador alegar que foi involuntário, o árbitro assinalou o penalti. James Tavernier foi pra cobrança mas Jack Butland salvou o Derby. Na sequência do lance, o Derby abriu o placar. Russell cobrou falta e Eustace completou pro gol.

Steve McClaren surpreendeu ao fazer duas alterações no intervalo, sacando Ibe e Hughes pra colocar Hendrick e Dawkins. E foi de Hendrick a primeira boa chance do segundo tempo. O meio-campista arriscou, mas Carson fez boa defesa.


O Derby parecia ter o jogo sob controle, mas foi aí que o Wigan finalmente chegou ao empate. espinoza cruzou rasteiro e McClean completou pra deixar tudo igual. E 7 minutos depois, os Latics chegaram à virada. Forshaw chutou, Butalnd rebateu e no rebote, McClean apareceu de novo pra marcar o seu segundo na partida.

Chris Martin, que teve uma atuação bem apagada, ainda teve a chance de empatar no final, mas chutou por cima. Depois, só bastou ao Wigan se segurar nos acréscimos pra garantir a vitória.

Com a vitória, o Wigan sobe pro 19º lugar, com 15 pontos, 4 acima da zona de rebaixamento. Apesar da derrota, o Derby segue líder. Mas agora, tem a companhia de watford e Wolverhampton.


Shittu marca na "estréia", Millwall vence o Cardiff e acaba com o jejum


Outro que também não sabia o que era vencer há muito tempo era o Millwall. Assim como o Wigan, os Lions vinham de 8 jogos sem vitória. Mas graças a um do capitão Danny Shittu, que fazia o seu primeiro jogo na temporada, o Millwall bateu o Cardiff por 1-0 e finalmente volta ao caminho das vitórias. Essa foi a primeira vitória de Russell Slade no Cardiff em 3 jogos.

O Millwall apostou na ligação direta do meio campo com o ataque pra confundir o Cardiff. E isso equilibrou as forças no primeiro tempo. Porém, os Lions pecavam nas finalizações, principalmente nos chutes de Ed Upson sem direção. Já Scott McDonald, um dos melhores em campo, levava mais perigo ao goleiro Marshall. Mas as melhores chances vieram do lado visitante. Na melhor, Forde mostrou porque é peça fundamental do Millwall, fazendo duas grandes defesas em sequência. Primeiro, espalmou chute de Craig Noone. e no rebote, defendeu chute de Le Fondre.

O segundo tempo começou com o mesmo equilíbrio do primeiro. Mas só até os 9 minutos, quando após escanteio de McDonald, o zagueiro Shittu subiu sozinho pra cabecear pras redes e abrir o placar. o Cardiff reclamou uma suposta falta em cima do goleiro Marshall na jogada, maso lance pareceu normal.

Embora o Cardiff corresse atrás do empate, foi o Millwall quem esteve mais próximo do gol. Lee Gregory teve duas grandes chances pra ampliar. Primeiro, recebeu um belo lançamento de Lee Martin, avançou livre, mas ao tentar encobrir Marshall, também encobriu o gol, mandando por cima. Depois, após rebote de Marshall em chute de McDonald, teve a chance de ampliar, mas mandou por cima de novo. No final, Anthony Pilkington teve uma boa chance de empatar, mas foi bloqueado na hora por Wilkinson.

Com a vitória, o Millwall chega a 17 pontos, saltando pro 15º lugar, abrindo 6 de vantagem pra zona de rebaixamento. O Cardiff segue com 19 pontos, 4 a menos que o 6º colocado


Home ---------------------- Política de Privacidade ---------------------------------------------------------------------------------------------------- Championship Brasil 2018. Todos os direitos reservados ------- Designed by Edmar Assis