Classificação FINAL

Por Edmar Assis e Danilo Moraes. Tecnologia do Blogger.

Artilharia

Postado por : Edmar Assis 10/05/2019


A temporada 2018-19 reservou um clássico daqueles para uma das semifinais dos playoffs. Aston Villa e West Bromwich, rivais da região de West Midlands, decidirão uma das vagas para a final em Wembley, valendo a última vaga na Premier League, com o primeiro duelo acontecendo já neste sábado (11/05), com transmissão da ESPN Brasil. Além da rivalidade acirrada, o confonto colocará frente a frente dois dos melhores elencos na Championship, dois poderosos ataques, e um time em franca ascensão contra outro em péssima fase recente. Vai pegar fogo!

Mandante do jogo de amanhã, o Aston Villa chega para a partida embaladíssimo. Os Villans não começaram bem a temporada, e os péssimos resultados culminaram na (tardia) demissão de Steve Bruce. Dean Smith foi contratado após um bom trabalho no Brentford, e até começou bem, mas o time caiu vertiginosamente de produção após a lesão do craque do time, Jack Grealish. Quando todos já colocavam o Villa como carta fora do baralho, Grealish voltou, o time subiu de produção e começou a atropelar todo mundo. Com DEZ vitórias seguidas na parte final do campeonato, o Villa conquistou sua vaga nos playoffs pelo segundo ano seguido.

Mesmo com essa arrancada impressionante, ainda fica a impressão de que o Villa não fez mais que a obrigação, por ter um dos melhores elencos da Championship. Se a vaga na Premier League voou pela janela em Wembley na última temporada, agora é hora de reverter o processo, e um bom resultado em casa é fundamental. A força do time de Dean Smith é o meio campo, o melhor da temporada. John McGinn e Jack Grealish entraram na nossa seleção da temporada, e são peças chave pro sucesso que o clube busca. O 4-3-3 implantado por Dean Smith é extremamente ofensivo e bem trabalhado, com pressão na saída de bola do adversário, transições rápidas contando com a qualidade de McGinn no centro, e bola no pé de Grealish sempre que possível. Com isso, Tammy Abraham, autor de 25 gols na Championship, é sempre um perigo dentro da área.


Já o West Bromwich, que iniciou a temporada como um dos favoritos ao acesso, teve uma campanha mais conturbada do que o esperado. Embora sempre tenha ficado entre os primeiros, e na grande maioria das rodadas dentro do top-6, o time nunca demonstrou um futebol a altura do que se esperava, prinicipalmente no meio campo, que em muitos jogos foi extremamente inoperante. Na janela de Janeiro, o time perdeu seu principal meio campista, Harvey Barnes, que voltou ao Leicester, mas os Baggies reforçaram o time com bons nomes como Johansen e Jacob Murphy, mas mesmo assim um bom futebol nem sempre foi apresentado, e em 09 de Março veio a decisão mais inesperada: o técnico Darren Moore foi demitido sem mais nem menos, demissão estranha e extremamente contestável.

O interino James Shan assumiu e acabou sendo efetivado pelo menos até o fim da temporada. Mas os últimos resultados não foram nada bons, principalmente nos confrontos diretos, onde o time perdeu quase todos, e por muito pouco o WBA não acabou atrás do rival Aston Villa. Mas o 4º lugar veio, muito graças a dupla de ataque mais poderosa da Championship: Jay Rodriguez e Dwight Gayle, juntos, foram responsáveis por nada menos que 45 dos 87 gols marcados pelo time, o segundo melhor ataque atrás do campeão, Norwich. Os atacantes compensaram a falta de criatividade do meio campo excessivamente defensivo em muitos momentos, e é neles que o West Brom tem que confiar se quiser ir à final.



No seu canal no Youtube, o excelente jornalista Rafael Oliveira, dos canais ESPN, falou bastante sobre os confrontos dos playoffs, a história das rivalidades e as expectativas pros confrontos. Confira!



Home ---------------------- Política de Privacidade ---------------------------------------------------------------------------------------------------- Championship Brasil 2019. Todos os direitos reservados ------- Designed by Edmar Assis