Por Edmar Assis e Danilo Moraes. Tecnologia do Blogger.

Classificação

Artilharia

Postado por : Edmar Assis 12/09/2020

Chegou a hora!! Após um período mais curto de férias por conta da pandemia, a Championship está de volta com a temporada 2020/2021, a nossa 11ª temporada juntos! Nas últimas semanas, deixamos vocês a par das expectativas e das negociações de todos os 24 clubes, um por um, analisando as chegadas e saídas e prevendo o que será a temporada. Agora é hora de analisar outra coisa... A Championship é conhecida por ser um celeiro de jovens craques, e separamos 11 nomes, de nove diferentes clubes, para acompanharem bem de perto durante todo o campeonato. São jogadores jovens e extremamente promissores, de quem com certeza ouviremos falar muito nos próximos anos. Fique de olho!



1 - Oliver Skipp (Norwich): Com apenas 19 anos (completa 20 esse mês), o volante Oliver Skipp é uma das jóias das divisões de base do Tottenham e da seleção inglesa. Com bom passe e bom poder de marcação, fez sua estreia no Tottenham ainda comandado por Mauricio Pochettino em 2018 num jogo contra o West Ham e chamou a atenção. Skipp teve seu contrato renovado e foi emprestado ao Norwich para ganhar experiência, e pode ser bem importante na campanha dos Canaries. Presença constante nas convocações da fortíssima seleção inglesa sub-21, Skipp terá uma chance de ouro para voltar aos Spurs como uma referência técnica.



2 - Bryan Mbeumo (Brentford): Bryan Mbeumo desembarcou na Championship fazendo tantos gols e brilhando que nem parece que só tem 21 anos. Nascido em Avallon na França, Mbeumo chegou ao Brentford na última temporada vindo do Troyes por £5,9 milhões de euros, e o rápido, habilidoso e bom chutador winger rapidamente se adaptou, ganhou lugar no time titular, fazendo um sensacional trio "BMW" com Benrahma e Watkins. Foram 42 jogos e 15 gols pra ele, que ganhou uma nomeação para melhor jogador jovem da temporada. Mbeumo também é presença constante nas seleções de base da França, e tem um enorme futuro pela frente, num time que gosta de jogar no ataque.



3 - João Pedro (Watford): O único brasileiro na lista já é conhecido da torcida do Fluminense. Cria de Xerém, o atacante João Pedro, paulista de Ribeirão Preto, tem apenas 18 anos (faz 19 esse mês) e é considerado uma das maiores promessas do futebol brasileiro, chegando a ser comparado com Ronaldo Fenômeno. Na época em que estreou como jogador profissional, chegou a ter uma média de 0,7 gols por partida. Além disso, suas atuações ganharam destaque quando, em uma partida contra o Atlético Nacional na copa sul-americana, marcou 3 gols e deu uma assistência. João Pedro chegou ao Watford em 2018, e ainda não conseguiu brilhar. Com algumas (normais) dificuldades de adaptação, ele teve poucas chances na Premier League, mas agora na Championship deve ser mais utilizado vindo do banco e, mostrando que tem moral, ganhou a camisa 10. Vamos garoto!



4 - Leo Østigård (Coventry): O zagueiro norueguês Leo Østigård é um nome pra se ficar muito de olho. Embora não seja muito alto (1,82m), Østigård compensa com velocidade e bom posicionamento. O jogador chegou ao Brighton vindo do Molde em 2018, e logo foi emprestado ao St. Pauli da Alemanha, para jogar a segunda divisão da Bundesliga. Após 28 jogos e um gol marcado, Østigård voltou ao Brighton e foi emprestado ao Coventry, que chega à Championship. Presente em TODAS as seleções de base da Noruega, do mesmo celeiro de onde saiu Erling Haaland, Østigård é uma joia a ser lapidada. Quem sabe não dá certo como Ben White, também emprestado pelo Brighton, deu no atual campeão Leeds?



5 - Louie Sibley (Derby): O jogador dessa lista que mais impressionou pela rapidez com que se firmou no time do Derby é o meia Louie Sibley. Com apenas 18 anos, Sibley está nos Rams desde os 8 anos de idade, e em 2017/18 foi nomeado Academy Player of the Year. Desde já ficava claro que o menino tinha um futuro brilhante. Sibley estreou pelo time principal em dezembro de 2019, e logo após a volta da parada assumiu a titularidade do meio campo comandado por Wayne Rooney, 16 anos mais velho. Com bom passe, boa visão de jogo e uma precisão no chute impressionante, Sibley mostrou seu cartão de visitas em 20 de Junho, com um hat-trick contra o Millwall. Sibley é convocação frequente nas seleções inglesa U17 e U19, e deve ser chamado pra seleção U21 em breve.




6 - Morgan Gibbs-White (Swansea): O "monstrinho" da lista é Morgan Gibbs-White, talvez o mais técnico dela. Nas divisões de base dos Wolves desde os 8 anos, Gibbs-White sempre se destacou por "comandar" o meio campo. Em novembro de 2018, Gibbs-White entrou num jogo contra o Tottenham pela Premier League e, mesmo com a derrota na ocasião por 3-2, foi eleito man of the match pela torcida, que trata o menino como a melhor joia que o Wolves produziu nos últimos tempos. Durante a pandemia, Gibbs-White foi punido pelo Wolves por furar a quarentena indo à uma festa em Londres, e na janela foi emprestado ao Swansea - o que pode vir a ser um casamento perfeito, visto que Steve Cooper, técnico dos Swans, gosta do estilo em que Gibbs-White de destaca Gibbs-White foi campeão mundial sub-17 com a Inglaterra, e é presença certa nas convocações da seleção sub-21. Olho nele!



7 - Marc Guehi (Swansea): O time que mais gosta de usar jovens jogadores tem que ter dois nomes na lista. Addji Keaninkin Marc-Israel Guehi é um zagueiro nascido na Costa do Marfim naturalizado inglês, que já jogou na última temporada pelos Swans emprestado pelo Chelsea. Embora às vezes pareça um pouco afobado, Guehi tem bom posicionamento e boa bola aérea, e fez uma excelente temporada nas vezes em que foi titular, muitas vezes em companhia de outro jovem, Ben Cabango. Guehi capitaneou a seleção inglesa sub-17 que perdeu para a Espanha na final do Campeonato Europeu Sub-17 em 2017. Na final da Copa do Mundo sub-17 ele fez um gol, que ajudou a Inglaterra a vencer a Espanha para erguer o troféu. Guehi também já está sendo convocado pra seleção sub-21, e é um dos vários jogadores do Chelsea espalhados pela Europa, emprestados.



8 - Tyrese Campbell (Stoke): O atacante Tyrese Campbell não tem uma carreira muito longa mesmo com 20 anos. Porém, é um prolífico fazedor de gols. Campbell começou sua carreira na Manchester City 's Academy antes de recusar a chance de se tornar profissional com o clube no verão de 2016. Em vez disso, ele assinou um contrato com o Stoke City com uma taxa de £1,75 milhão definida em um tribunal. Campbell marcou seu primeiro gol na Championship em outubro de 2019 na vitória por 2-0 contra o Fulham. Após a chegada de Michael O'Neill em novembro de 2019, Campbell finalmente voltou ao time após ficar ausente sob o comando de Nathan Jones, e marcou gols vitais contra o Sheffield Wednesday , Huddersfield e West Bromwich, ajudando o Stoke a sair da zona de rebaixamento na virada do ano novo. Campbell não deve ser o titular da posição, mas deve ser bastante utilizado nessa temporada.



9 - Han-Noah Massengo (Bristol City): O meio campista francês Han-Noah Massengo é a grande esperança de boa venda num futuro próximo do Bristol City. Massengo fez sua estreia na carreira pelo Monaco logo num jogo de UEFA Champions League contra o Club Brugge em 2018, sendo à época o primeiro jogador nascido no século 21 a jogar na Champions. Massengo chegou ao Bristol City em 2019 por (caros) £7,2 milhões, e naturalmente assumiu a titularidade do meio campo. Com um cabelo estilo David Luiz, Massengo se destaca também pelo bom passe, movimentação e velocidade típicos de um meia moderno, e é outro que tem presença certa nas seleções de base da França.



10 - Marcus Tavernier (Middlesbrough): Provavelmente nem o torcedor do Boro se lembra qual foi a última revelação das categorias de base do clube, mas o atacante Marcus Tavernier, de 21 anos, chama a atenção.Tendo sido emprestado pro MK Dons em 2018 sem grande destaque, Tavernier foi "pescado" nos treinos por Neil Warnock, que simplesmente adora trabalhar com jovens. Na última temporada Tavernier contribuiu com 3 gols e 5 assistências, e ajudou o Boro a escapar do rebaixamento. O jovem deve ter mais minutos pra mostrar seu talento nessa temporada que se inicia.


11 - Adam Idah (Norwich): Esse é um dos fortes candidatos a artilheiro entre os jovens. Com 19 anos, o irlandês Adam Idah é simplesmente adorado pela torcida do Norwich, que vê no menino um futuro brilhante. Ele marcou vários e vários gols nas divisões de base dos Canaries, e em 2019 assinou seu primeiro contrato profissional. Num jogo contra o Preston pela FA Cup em Janeiro ele marcou um hat-trick, e já se tornou o substituto imediato de Temmu Pukki no ataque. Filho de pai nigeriano e mãe irlandesa, Idah fez parte de todas as seleções de base e, sob o comando de Mick McCarthy (ex-Ipswich), foi convocado para a seleção principal para dois jogos da Nations League. E ele tem estrela! Ontem, Idah marcou o gol da vitoria do Norwich contra o Huddersifled na estreia dos Canaries na Championship.







Home ---------------------- Política de Privacidade ---------------------------------------------------------------------------------------------------- Championship Brasil 2020. Todos os direitos reservados ------- Designed by Edmar Assis