Por Edmar Assis e Danilo Moraes. Tecnologia do Blogger.

Classificação

Artilharia

Postado por : Edmar Assis 03/08/2021


VAI COMEÇAR O SHOW! Dia 06 de Agosto, às 15:45, Bournemouth e West Bromwich abrem a temporada 2021/2022 da Championship no Vitality Stadium, finalmente com público liberado em todos os estádios, sem restrições. Depois de esperados dias de férias, e com os clubes se desdobrando para reforçar os elencos no meio de uma pandemia que comprometeu as finanças de basicamente todo mundo, é hora da bola rolar. Dessa vez, diferentemente das outras temporadas, faremos um guia único e mais simples, com as caraterísticas das equipes, favoritos e palpites. As contratações e saídas dos clubes você pode conferir aqui, e os novos uniformes dos times você vê aqui. Confira!



Nome: Athletic Football Club Bournemouth
Estádio: Vitality Stadium
Técnico: Scott Parker
Jogador destaque: Arnaut Danjuma
Última temporada: 6º (Championship)

Semifinalista dos últimos playoffs, onde perdeu pro Brentford, o Bournemouth entra como forte favorito para a temporada, muito por conta de chegada de Scott Parker, ex-técnico do Fulham. Parker tem um estilo que agrada, e casa bastante com o futebol que o Bournemouth apresenta desde Eddie Howe. Com a contratação do bom meia brasileiro/dinamarquês Emiliano Marcondes, e sem perdas significativas até agora, os Cherries devem brigar pelo título. Porém, Arnaut Danjuma despertou interesse da Premier League e de outras ligas, e pode ser negociado até o fim da janela. A espinha dorsal com Steve Cook, Jeferson Lerma, David Brooks, Arnaut Danjuma e Dominic Solanke é uma das mais fortes.


Palpite Championship Brasil: Campeão



Nome: Barnsley Football Club
Estádio: Oakwell Stadium
Técnico: Markus Schopper
Jogador destaque: Michal Helik
Última temporada: 5º (Championship)

Grande surpresa da última temporada indo aos playoffs, o Barnsley teve problemas nessa pré-temporada. Começando pela mal vista saída do técnico Valerien Ismael para o West Bromwich. O desconhecido Markus Schopper chega como (mais uma) aposta. Os Tykes perderam jogadores importantes como Alex Mowatt e Daryl Dike, mas foram ao mercado para trazer o bom meia Josh Benson, e a dupla de atacantes belgas Obbi Oularé e Leya Iseka. O clube tem um bom elenco, mas é uma tremenda incógnita.

Palpite Championship Brasil: 9º lugar



Nome: Birmingham City Football Club
Técnico: Lee Bowyer
Jogador destaque: Scott Hogan
Última temporada: 18º (Championship)

O Birmingham continua gastando a paciência de sua apaixonada torcida. Enquanto o maior rival Aston Villa vai bem na Premier League, os Blues empacaram na Championship e, pra piorar, sempre na parte de baixo da tabela. Lee Bowyer terá trabalho com um elenco curto, em que a força fica na dupla de ataque Scott Hogan-Lukas Jutkiewicz, o interminável. A atuação no mercado não é muito animadora, com destaque pra chegada do jovem winger Tahith Chong vindo do Man United. Será mais um longo ano para os fãs.

Palpite Championship Brasil: 19º lugar




Nome: Blackburn Rovers Football Club
Estádio: Ewood Park
Técnico: Tony Mowbray
Jogador destaque: Adam Armstrong
Última temporada: 15º (Championship)

Tremenda decepção em 20/21 chegando apenas em 15º (4 posições abaixo de 19/20), o Blackburn não empolga ninguém para a temporada que vem aí. Os donos indianos empurram o clube com a barriga, o ultrapassado Tony Mowbray não tira o melhor do elenco, e pra ajudar os Rovers não fizeram NENHUMA contratação até a data dessa postagem. Sem Harvey Elliot, que voltou pro Liverpool, uma possível boa temporada cai nas costas de Adam Armstrong, que marcou 28 gols na última temporada e é o grande nome. Bradley Dack ainda não achou o bom futebol depois da lesão, mas o elenco não é ruim, contando com jogadores como Ben Brereton, Bradley Johnson, Thomas Kaminski... o problema é ter regularidade.

Palpite Championship Brasil: 14º lugar



Nome: Blackpool Football Club
Estádio: Bloomfield Road
Técnico: Neil Critchley
Jogador destaque: Gary Madine
Última temporada: Campeão dos playoffs (League One)

De volta à Championship após seis anos, os simpáticos Tangerines terão trabalho pra se manter na segundona. Com um elenco naturalmente mais fraco, e sem grandes investimentos possíveis, o clube buscou free agents na janela, como Richard Keogh (aquele mesmo ex-Derby), Josh Bowler (ex-Everton), entre outros. Neil Critchley, ex-auxiliar do Liverpool, é um bom treinador e fez o time apresentar um futebol bem legal na League One. A chegada do Blackpool pra temporada lembra bastante a do Wycombe em 20/21. Vamos ver no final...

Palpite Championship Brasil: Rebaixado



Nome: Bristol City Football Club
Estádio: Ashton Gate
Técnico: Nigel Pearson
Jogador destaque: Dan Bentley
Última temporada: 19º (Championship)

O Bristol City fez uma temporada pra esquecer, terminando em 19º. Nigel Pearson chegou em fevereiro, pegou o bonde andando e não resolveu muita coisa, mas segue como treinador pra 21/22. Os Robins viram dois jogadores do elenco fazerem uma boa Eurocopa, com Adam Nagy titular na Hungria e Tomas Kalas indo até as quartas de final com a República Tcheca, e ambos voltam com moral. O elenco base é muito bom, com destaque pro ótimo goleiro Dan Bentley, além de Jay Dasilva, Nakhi Wells e Andreas Weimann. Matty James e Andy King, ambos ex-Leicester, foram contratados para ajudar o sofrível meio campo. Com um bom início, os Robins podem brigar na primeira parte da tabela.

Palpite Championship Brasil: 11º lugar



Nome: Cardiff City Football Club
Técnico: Mick McCarthy
Jogador destaque: Kieffer Moore
Última Temporada: 8º (Championship)

A chegada de Mick McCarthy fez o Cardiff parecer o Barcelona do Guardiola em algumas rodadas, e tudo levava a crer que os Bluebirds iriam aos playoffs. Mas o time deu uma empacada no final da temporada, e acabou em 8º. Prestigiado, McCarthy segue como o técnico do time que é um forte candidato aos playoffs, muito por conta do elenco recheado de boas peças, embora tenha problemas nas pontas do ataque, já que Junior Hoilett foi embora. James Collins, grande artilheiro do Luton Town nos últimos anos, chega pra ajudar Kieffer Moore, que fez uma boa eurocopa com Gales. Olho também no jovem meia Ryan Giles, que vem do Wolves com boas recomendações. Se o Cardiff tiver uma boa campanha nas 10 primeiras rodadas, entra forte na briga.

Palpite Championship Brasil: Vai aos playoffs




Nome: Coventry City Football Club
TécnicoMark Robins
Jogador destaque: Gustavo Hamer
Última temporada: 16º (Championship)

O Coventry se manteve tranquilamente na Championship na última temporada, e a 16ª colocação foi considerada um grande sucesso. Desde 2017 no cargo, Mark Robins segue firme no comando, e agora o clube terá de volta o seu estádio: após um tremendo imbróglio com os donos da antiga Ricoh Arena, que fizeram o Coventry jogar no estádio do Birmingham emprestado, os Sky Blues estão de volta pra casa, agora no renomeado Coventry Building Society Arena. O Coventry foi ao mercado e, dentro das possibilidades, trouxe bons nomes como Martyn Waghorn, Simon Moore e Viktor Gyökeres. Ninguém muito importante foi embora, e o destaque fica por conta do brasileiro/holandês Gustavo Hamer, que fez ótima temporada. A torcida espera que o time possa dar um passo além e buscar os playoffs nessa temporada, mas por enquanto ainda parece um objetivo distante.

Palpite Championship Brasil: 17º lugar.


Nome: Derby County Football Club
Estádio: Pride Park
Técnico: Wayne Rooney
Jogador destaque: Louie Sibley
Última temporada: 21º (Championship)

Se tem um clube que entra na temporada em apuros pedindo socorro divino é o Derby. É até difícil resumir a bagunça do clube em poucas linhas, mas basicamente o Derby se salvou do rebaixamento por um milagre, assim como do mesmo jeito se salvou de uma dedução de pontos por várias infrações das regras de rentabilidade e sustentabilidade da EFL. A situação atual é a seguinte: o Derby County está sob embargo de transferências, e só pode contratar jogadores free agents ou por empréstimos, com salário restrito - se o clube atrasar salários, perde automaticamente 3 pontos na tabela, como punição. Além disso, só existem TREZE jogadores profissionais disponíveis no plantel, que foi reduzido a doze quando, num treino, o técnico Wayne Rooney lesionou Jason Knight, que só volta em Dezembro... UFA! A estreia na Championship é em cinco dias, e o Derby basicamente não tem um time profissional para colocar em campo. O inferno parece não ter fim, e ao que parece os meninos da base terão de dar conta do recado. Olho em Louie Sibley, bom meia de 19 anos. Embora tenha alguns bons jogadores como David Marshall, Krystian Bielik e Max Bird, nesse momento é impossível não ver os Rams como um dos rebaixados ao final do campeonato.

Palpite Championship Brasil: Rebaixado



Nome: Fulham Football Club
Estádio: Craven Cottage
Treinador: Marco Silva
Jogador destaque: Harry Wilson
Última Temporada: 18º (Premier League)

O Fulham foi rebaixado da Premier League (de novo), recebeu os parachute payments (de novo), foi ao mercado para reforçar o time e é o grande favorito ao acesso para a Premier League (de novo). Parece uma roda gigante, e esse é o padrão por lá atualmente. Mas agora com algumas diferenças: Scott Parker foi embora, e Marco Silva chega sob desconfiança, visto que seu trabalho no Everton não foi bom. O Fulham tem, com sobras, o melhor elenco da Championship, e se Marco Silva conseguir fazer o time ser constante, tirando o melhor dos jogadores, fatalmente conseguirá o acesso, embora nem tudo sejam cartas marcadas. Gastando 12 milhões de libras, os Cottagers contrataram o meia Harry Wilson junto ao Liverpool - jogador que em duas temporadas na Championship (Derby e Cardiff) sempre brilhou. O experiente Paulo Gazzaniga chega pra assumir o gol, e o restante do time deve ser bem parecido com o que foi rebaixado, com destaque pra espinha dorsal formada por Tosin Adarabioyo, Antonee Robinson, Tom Cairney, Bobby Reid e Aleksandar Mitrovic, que já parte como grande favorito a artilheiro. Marco Silva tem os jogadores, o dinheiro, e agora a torcida de volta. Precisa transformar em um bom time, e rapidamente.

Palpite Championship Brasil: Sobe como vice-campeão



Nome: Huddersfield Town Association Football Club
 Técnico: Carlos Corberán
Jogador destaque: Isaac Mbenza
Última temporada: 20° (Championship)

O péssimo planejamento quase custou caro ao Huddersfield, que só ficou a frente do Derby e dos 3 rebaixados na última temporada. A torcida não está feliz, e a pressão no técnico Carlos Corberán já é grande antes mesmo da temporada começar. E as expectativas atuais não são boas, visto que o elenco é curto e as contratações são basicamente free agents, com destaque pra volta do grande artilheiro de outros tempos Jordan Rhodes, que tenta recuperar o futebol no clube que o revelou. Tom Lees chega pra assumir a posição na zaga, e o ótimo winger Mbenza é o grande destaque individual. Se o início de temporada não for bom, os Terriers correm sérios riscos.

Palpite Championship Brasil: Rebaixado


Nome: Hull City Association Football Club
Técnico: Grant McCann
Jogador destaque: Keane Lewis-Potter
Última temporada: Campeão da League One

Mesmo com algumas leves turbulências no meio do caminho, o Hull voltou rapidamente pra Championship após ser campeão da League One. Os problemas em relação à direção não mudaram, e é bem difícil prever o que vai ser do Hull na temporada, muito por conta de possíveis influências externas. Mas os Tigers tem um bom time que, se puder trabalhar tranquilamente, tem tudo pra se dar bem, com destaque para jogadores como Malik Wilks, George Honeyman e Matt Ingram. O grande nome e estrela é o excelente jovem winger Keane Lewis-Potter, que marcou 13 gols na League One, e promete brilhar na temporada. Contratações pontuais pro meio campo (George Moncur) e pra zaga (Di'Shon Bernard) foram feitas, mas o time ainda precisa desesperadamente de um centroavante com um nível melhor do que Josh Magennis e Tom Eaves. 

Palpite Championship Brasil: 18º lugar



   

Nome: Luton Town Football Club
Estádio: Kenilworth Road
Técnico: Nathan Jones
Jogador destaque: Joe Morrell
Última temporada: 12º (Championship)

62 pontos deixaram o Luton Town na 12ª posição, a melhor colocação dos Hatters na pirâmide do futebol inglês desde 2006. O sucesso mostrou que Nathan Jones e Luton Town foram feitos um para o outro, e o treinador segue firme para mais um campeonato. O clube perdeu o grande artilheiro James Collins, e repôs com o interminável Cameron Jerome. Rodados, Amari'i Bell e Henri Lansbury reforçam o meio campo, e o bom winger Admiral Muskwe chega em definitivo. O destaque é o meia Joe Morrell, titular da seleção de Gales na Eurocopa. O Luton Town não deve lutar contra o rebaixamento, e o meio da tabela parece o mais natural no momento.

Palpite Championship Brasil: 16º lugar



Nome: Middlesbrough Football Club 
Técnico: Neil Warnock
Jogador destaque: Marcus Tavernier
Última temporada: 10º (Championship)

O Boro passou meio despercebido pela última temporada, e a décima colocação foi bem recebida, ainda mais se compararmos com 19/20, onde o clube brigou pra não cair. Nosso senhorzinho favorito, Neil Warnock, segue firme no comando, tentando mais um acesso na carreira. O time fez algumas boas contratações como Uche Ikpeazu, Matt Crooks e Sammy Ameobi, principalmente para repor as saídas de Britt Assombalonga, Ashley Fletcher e George Saville. A briga pelos playoffs está aberta, mas o Boro precisa extrair mais do que esse elenco parece poder oferecer para ir a pós-temporada. Veremos.

Palpite Championship Brasil: 12º lugar



Nome: Millwall Football Club
Estádio: The Den
Técnico: Gary Rowett
Jogador destaque: Jed Wallace
Última temporada: 11º (Championship)

O Millwall não brigou pelos playoffs na última temporada como se esperava, mas a 11ª posição e os 62 pontos não são de se jogar fora. Gary Rowett faz um bom trabalho e segue prestigiado. Usando bem o mercado, os Lions trouxeram de volta o meia George Saville, que deve fazer uma bela dupla com o excelente Jed Wallace, destaque do time. Benik Afobe vai brigar pela vaga de centroavante, enquanto a defesa tem ótimas peças como Romeo, Hutchinson, Wallace, Pearce e o recém-contratado Daniel Ballard. O Millwall não é muito falado nem muito cotado, mas pode dar trabalho pra todo mundo. Olho nos Lions!

Palpite Championship Brasil: 7º lugar




Nome: Nottingham Forest Football Club
Estádio: City Ground
Técnico: Chris Hughton
Jogador destaque: Joe Lolley
Última temporada: 17º (Championship)

Após quase ir aos playoffs em 19/20, parecia que o Forest finalmente ia dar alguma alegria pra sua torcida. Só parecia. Uma campanha trágica, com troca de treinador no meio do caminho, e um futebol pífio fizeram os Reds terminarem a temporada DEZ posições abaixo da anterior, deixando a torcida irada. Para 21/22, Chris Hughton segue no comando, e com uma temporada inteira pela frente ele costuma ir bem - pelo menos foi assim nos clubes pelo qual passou. Mas o mercado é desanimador: chega o goleiro Ethan Horvath, para brigar pela posição com Brice Samba, e o volante Cafú vem em definitivo do Olympiacos. Com muitos jogadores saindo em final de contrato, os Reds estão com um elenco preocupantemente curto para um campeonato tão longo. Vamos ver o que será do Forest até o fim da janela, mas uma briga pelo acesso parece totalmente impensável no momento.

Palpite Championship Brasil: 15º lugar



Nome: Peterborough United Football Club
Técnico: Darren Ferguson
Jogador destaque: Jonson Clarke-Harris
Última temporada: Vice campeão da League One

Após oito anos, o Peterborough está de volta a Championship como vice campeão da League One, muito por causa dos 31 gols do ótimo atacante Jonson Clarke-Harris, que é o principal nome do time comandado por Darren Ferguson (sim, o filho de Sir Alex Ferguson). O Posh foi ao mercado para reforçar o meio campo com Jorge Grant, que vem do Lincoln City, e o ataque com Jack Marriott, ex-Derby. A realidade é brigar contra o rebaixamento e o clube do centro-leste sabe disso, mas os problemas de Derby e Huddersfield podem fazer com que o Posh se segure.

Palpite Championship Brasil: 21º lugar

Nome: Preston North End Football Club
Estádio: Deepdale
Técnico: Frankie McAvoy
Jogador destaque: Ryan Ledson
Última temporada: 13º (Championship)

A 13ª posição na última temporada saiu melhor que a encomenda para o Preston, que demitiu Alex Neil em Março. Porém, a nova temporada pode ser extremamente problemática para os Lilywhites - principalmente por conta da falta de experiência do técnico Frankie McAvoy, que foi efetivado após comandar interinamente em 2021. O mercado não é lá muito animador: Izzy Brown, que era uma esperança de bom futebol, se machucou na pré-temporada e deve ficar 10 meses fora. Liam Lindsay vem do Stoke pra ajudar na zaga. A experiência de Scott Sinclair, Greg Cunningham e Sean Maguire serão cruciais.

Palpite Championship Brasil: 20º lugar



Nome: Queens Park Rangers Football Club
Estádio: The Kiyan Prince Foundation Stadium
Técnico: Mark Warburton
Jogador destaque: Ilias Chair
Última temporada: 9° (Championship)

O grande candidato a surpresa da temporada é o QPR. Os londrinos fizeram um ótimo final de temporada terminando em nono lugar, Mark Warburton tem a confiança do elenco e, além disso, os Hoops vão fazendo um mercado bastante interessante. Jordan De Wijs, Charlie Austin e Stefan Johansen ficam em definitivo pra alegria da torcida, Andre Dozzell e Sam Field devem dar uma boa ajuda no meio, assim como Moses Odubajo pode ser um bom backup na lateral. O QPR já tem um dos melhores goleiros (se não o melhor) do campeonato em Seny Dieng, e Ilias Chair é o craque do time, que ainda tem Rob Dickie na zaga, Lyndon Dykes no ataque... é um elenco de respeito. A pré-temporada vem animando todo mundo, e a expectativa é de uma briga firme pelos playoffs. Um início bom de campeonato é fundamental.

Palpite Championship Brasil: Vai aos playoffs


                                                 
Nome: Reading Football Club
Estádio: Madejski Stadium
Técnico: Veljko Paunovic
Jogador destaque: Lucas Joao
Última Temporada: 7º (Championship)

O Reading começou 20/21 voando, e deu pinta de que iria aos playoffs, mas o 7º lugar acabou sendo decepcionante pela qualidade do time de Veljko Paunovic. Mas a nova temporada deve ser bem diferente: o clube está sob embargo de transferências e ainda não contratou ninguém, e pra piorar o jovem craque Michael Olise foi vendido ao Crystal Palace por um valor muito abaixo do esperado, mas que dá um respiro pras apertadas finanças. A intenção agora é não perder mais ninguém, principalmente o tridente formado por Lucas Joao, Yakou Meité e George Puscas, peças fundamentais. Mesmo sem contratar, o Reading ainda tem um time bem forte que pode brigar lá em cima, embora o elenco seja meio curto. Com as vagas dos playoffs bem em aberto, pode ser que os Royals se deem bem.

Palpite Championship Brasil: 8º lugar



Nome: Sheffield United Football Club
Estádio: Bramall Lane
Técnico: Slavisa Jokanovic
Jogador destaque: Sander Berge
Última temporada: 20º (Premier League)

O conto de fadas do Sheffield United terminou com um abrupto rebaixamento na lanterna da Premier League. O esquema de jogo de Chris Wilder, que fez tanto sucesso em 19/20 não funcionou em 20/21, e clube-treinador resolveram seguir caminhos diferentes. Slavisa Jokanovic será o técnico dos Blades nessa volta à Championship onde, até agora, o time não contratou ninguém, e pelo jeito vai mesmo apostar no forte (e caro) elenco montado na Premier League. A boa notícia é que dos mais importantes do elenco, apenas John Lundstram, em fim de contrato, foi embora. A base do elenco ainda é fortíssima com Jack O'Connell, Chris Basham, Lys Mousset, David McGoldrick, além do craque Sander Berge. O goleiro Aaron Ramsdale atraiu interesse do Arsenal, e veremos como será a atuação dos Blades caso seu goleiro titular vá embora. Naturalmente, o Sheffield United é um fortíssimo candidato ao acesso.

Palpite Championship Brasil: Vai aos playoffs



Nome: Stoke City Football Club
Estádio: Bet365 Stadium
Técnico: Michael O'Neill
Jogador destaque: Tyrese Campbell
Última temporada: 14º (Championship)

Outra grande decepção em 20/21 foi o Stoke, pois esperava-se muito do time treinado por Michael O'Neill, porém a grave lesão da estrela do time, Tyrese Campbell, complicou as ambições dos Potters, que terminaram só em 14º. O'Neill segue no time, que finalmente terá Tyrese Campbell em forma. O clube fez duas boas contratações: Ben Wilmot vem do Watford pra ajudar na zaga, e o bom meia Mario Vrancic chega do Norwich pra dar mais qualidade no meio campo. Uma necessária limpa no elenco foi feita, abrindo espaço para novas contratações - o Stoke ainda busca outro atacante com urgência (fala-se em Sam Surridge do Bournemouth). Como já dissemos, a briga pelos playoffs está aberta, e o Stoke corre por fora.

Palpite Championship Brasil: 13º lugar



Nome: Swansea City Association Football Club
Estádio: Liberty Stadium
Técnico: Russell Martin
Jogador destaque: Jamal Lowe
Última temporada: 4º (Championship)

A derrota na última final dos playoffs para o Brentford colocou o Swansea numa espiral descendente de problemas, indecisões e preocupação da torcida. Pagando altos salários buscando o acesso, a derrota custou caro, pois o clube teve que perder seu principal jogador, Andre Ayew. Freddie Woodman e Marc Guehi, que estava emprestados e fizeram o pilar da melhor defesa da Championship, foram embora; Connor Roberts se machucou na Euro, e Matt Grimes, capitão e dono do meio campo, negocia sua saída. No meio dessa confusão, o Swansea também perdeu seu treinador: por desavenças com a direção, Steve Cooper acertou sua saída, dando lugar a uma aposta pra lá de arriscada - Russell Martin, ex-jogador do Norwich, assume como técnico vindo de um trabalho razoável no MK Dons, contratação que não foi bem vista pela torcida. O elenco dos galeses ainda é bom e, mesmo sem grandes investimentos, pode dar um retorno. O atacante holandês Joel Piroe chega pro lugar de Ayew, e Liam Walsh chega de graça pra ajudar no meio campo. O X da questão pros galeses é saber até que ponto os problemas financeiros e a falta de apoio da direção podem comprometer o trabalho de Russell Martin, que terá pouco tempo para se provar.

Palpite Championship Brasil: 10º lugar



Nome: West Bromwich Albion Football Club
Estádio: The Hawthorns
Técnico: Valerien Ismael
Jogador destaque: Grady Diangana
Última temporada: 19° (Premier League)

O apelido de "time iô-iô" nem incomoda mais lá pelos lados do Hawthorns, porque é uma verdade - de novo o West Bromwich subiu e de novo não conseguiu se manter na elite. A única coisa realmente boa foi a temporada sensacional do brasileiro Matheus Pereira, que já pediu formalmente para ser negociado com o Al Hilal (que ofereceu um salário astronômico ao jogador). Sem ele, o destaque vai ficar por conta do winger Grady Diangana, que tem um nível muito acima do normal pra Championship. Os Baggies também tem um novo treinador: Valerien Ismael vem prestigiado pelo baita trabalho no Barnsley, e tem a missão clara e óbvia de levar o clube à Premier League rapidamente, mas com Bournemouth, Fulham e Sheffield United na briga, não será nada fácil. Outros jogadores ainda devem ser atacados no mercado, como o goleiro Sam Johnstone, e as contratações são pontuais: Alex Mowatt vem do Barnsley a pedido de Ismael, pra resolver o problema no meio campo central (Jake Livermore não dá mais), e Adam Reach chega pra ajudar a repor (um pouco) a saída de Matheus Pereira. O elenco ainda é muito bom, e outros jogadores devem chegar, mas no momento do WBA está um pouquinho abaixo de Bournemouth e Fulham

Palpite Championship Brasil: Vai aos playoffs


Atenção: O portal Championship Brasil NÃO SE RESPONSABILIZA por apostas feitas com base em nossos palpites nesse post. Os palpites são chutes, que não vão refletir exatamente o que vai acontecer no final da temporada. Esse guia não deverá ser compartilhado em outros sites sem a autorização expressa do portal Championship Brasil

Home ---------------------- Política de Privacidade ---------------------------------------------------------------------------------------------------- Championship Brasil 2021. Todos os direitos reservados ------- Designed by Edmar Assis